6 Poemas de Nayra Menezes | Poesia Contemporânea

Companheirismo

 

Um convívio cordial.

Um viver especial.

Companhia universal.

Que apresenta uma vida leal.

 

Intimidade que convém.

Veracidade de amor para além.

Amizade que se fortalece.

E nos engrandece.

 

Companhia que alegra.

Alegria que nos libera.

Contagia e nos inspira.

A viver em plena nostalgia.

 

Companheirismo que irradia.

Solidariedade que contagia.

Camaradagem que ilumina.

Um afeto para todos os dias.

 


Orgulho

 

Orgulho para se entregar.

Orgulho para não amar.

Vivenciar o orgulho por querer.

Viver sem você.

 

Na vida nós devemos:

Orgulhar-se de si.

Orgulhar-se do que fez aqui e ali.

Apresentar um lugar.

Aonde vamos nos orgulhar.

 

Orgulho que nos mantém.

Muitas vezes viver sem alguém.

Um amor próprio.

Além dos nossos esforços.

 

Uma soberba que inflama.

Por muitas vezes quem nos ama.

A arrogância que nos toma,

E enaltece a sua própria honra.

 


Distância

 

Querer e não poder.

Buscar e não alcançar.

Exigir sem ferir.

Lutar sem descansar.

 

Viver a esperar.

Sem cansar ou desesperar.

Precisar de limites,

E lançar palpites.

 

Estar sempre longe.

Ter poucos momentos.

Fazendo alusão ao tempo.

Aproveitando o dia a dia atento.

 

A distância me apavora,

Uma dor que tenho agora,

Que me consome por horas.

 


Desafios

 

Desafiar o medo.

Aumenta meu desejo.

De ter você aqui.

Sempre perto de mim.

 

Desafiar o medo.

Aperta o meu peito.

Por pensar que um dia.

Você pode não querer me amar.

 

Desafiar o medo.

De um dia te perder,

De te fazer sofrer,

Mesmo que sem querer.

 

Desafiar o medo.

De encarar meus sonhos,

E sair do completo abandono,

E trilhar o mundo dos meus sonhos.

 

Desafiar o medo.

É ter coragem, sensibilidade.

De enfrentar a realidade,

Pela busca da sua felicidade.

 

Desafie o medo,

Encare com vontade,

Qualquer adversidade,

Pra fazer essa viagem,

Para sua vida de liberdade.

 


Ilusão

 

Quero ser livre,

Quero manter firme,

Essa luz que me ilumina,

Que tanto alucina.

 

Quero flertar, me apaixonar,

Viver feliz e sorrir.

Desejo sentir e invadir.

Esse mundo de outrora.

 

Vejo o céu mais estrelado,

O mar muito mais agitado,

O fogo que arde entre a gente,

E água que cai na mente.

 

São os cosmos que conspiram,

Se encontram e inspiram,

O amor, a paixão, a dor, a ilusão,

Que carrego no coração.

 


Impossível

 

Ter o teu beijo,

Expandir meu desejo,

O que pensar,

Quando sinto teus beijos?

 

Cada dia que passa,

Minha cabeça se embaraça.

Com tamanho desejo,

Que carrego em meu peito.

 

Sonhar em ter-te,

Viver por querer-te,

Amar na veracidade,

Na pureza da realidade.

 

Impossível pode até ser,

Impossível não te querer.

Impossível não desejar viver,

Todo esse amor com “ você”.

 

Quem é Nayra Menezes?

Mulher de opinião, educadora, poetisa, sergipana com orgulho, mulher que ama outra mulher. Amo escrever e ler. Gosto de declamar meus poemas no meu podcast, expondo meus sentimentos e a realidade que vivemos. Sonho em publicar um livro seja de poemas ou histórias infantis.

Um comentário “6 Poemas de Nayra Menezes | Poesia Contemporânea”

  • Maria Luisa dos Santos

    diz:

    Parabens meu anjo!! Lindas poesias. Q Deus te abençoe e realize este sonho. Logo logo cm fe Nele estarei comprando o seu livro.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.