11 Poemas Sobre Cuidar | Vozes da TAUP

Jaime Jr. —

[CUIDO E ME DESCUIDO]
 
Cuido e me descuido
na mesma proporção.
Não sei se por negligência
ou por imprudência…
Quando não é a cabeça,
é o coração!
 
*
 
CUIDADO!
 
Estava escrito na placa
Li com atenção e segui
Não sei quem a escreveu,
Mas em pensamento agradeci.
 
*
 
CUIDA
 
Cuida dos teus amores
Na efemeridade da vida
E na hora da partida
Sentirá a alegria
Na memória que ficou
Dos amores que cuidou
 
*
 

Géssica Menino —

 
MÃE 
 
A comemoração chega…
O comércio já nos prepara,
Os presentes artesanais já foram elaborados.
 
Alguns, de imediato já não sabem o que fazer,
Tem medo ou receio do que dizer,
Pois esta figura é uma lacuna.
 
Para outros, já fora substituída: pela tia, pela avó, pela irmã…
Alguns só possuem uma foto, ou uma lembrança fugidia.
Já outros o privilégio de ter essa figura ainda viva.
 
Assumindo diversas formas e representações,
Esse cuidado materno, singelo e protetor,
É o nosso refúgio, o nosso aconchego e o nosso alento.
 
*
 
MATERNIDADE
 
Para além, do útero, do cordão umbilical,
Do seio materno, do colo, do carinho.
Para além, do eu e do existir.
 
A adoção, o acolhimento, o amor,
O refúgio.
O simplesmente estar ali.
 
O porto seguro da alma humana,
O seio da proteção.
A elaboração cotidiana de um ser para com o outro:
 
Mãe e filho. Filho e mãe. Mãe e filha. Filha e Mãe.
Uma relação, constituída através do tempo,
E das experiências da vida humana.
 
*

Ronaldo Rhusso —

[CRITERIOSAMENTE O BARDO ALTERCA]

Criteriosamente     o    bardo    alterca
Unificando     a    própria    alma   nua
Inevitavelmente         com       demais
Dos seres que sofreram grande perda
A   fim   de   conjugar  o  verbo  amar
Rimando   o   existir   com   joia   rara…

*

Leandro Emanuel Pereira —

 
CUIDO DE CUIDAR
 
Se eu não gostar de mim;
Ninguém gostará;
Quero cuidar-me até ao fim;
 
Fugir ao deus-dará…
Claro que cuido de cuidar;
Dos outros;
 
Para não atropelar;
Certos princípios…
Que me sustentam o ser;
Enquanto matéria efémera;
 
Consciência que pode antever…
Uma alma salva;
Replica o bem;
Faz mundo sem terra…
 
*
 

Jéssica Iancoski —

 
CUIDAR
 
Muito mais que as seis letras
como é que pode caber tanto
numa palavra tão pequena?
 
Cabe o laço, cabe o abraço
cabe o colo, cabe o bolo
cabe o beijo, cabe o jeito
 
Como é que pode um verbo
que começa com bunda
ser uma palavra tão abunda?
 
*
 

Rozana Gastaldi Cominal — 

 
BORDADOS PRIMAVERIS
 
Beija-flor em voo
pétalas em aquarela
folhas em renda
suculentas em jade, em rosas pétreas
 
Borde rancor
cor de fel
bordel, cruel, babel, anel
em ponto cruz nos lares ou nos bares
 
Borde amor
cor de mel
cordel, fiel, farnel, corcel
em ponto cheio no carretel e a granel
 
Jardineiras e bordadeiras em cuidados
: a autoflorir
 
*
 

Flavia Ferrari —

 
MÃE 
 
Compartilhar o corpo
Entregar o tempo
Ser árvore, flor, fruto e semente
Raízes de memória nutridas pelos sonhos
Ponto focal de desejos
Vivência de todos os códigos de afeto
Desejar profundo a sorte, a alegria, a oportunidade
Preparar o quarto
Entender a canção
Compreender os caminhos
Suportar as escolhas
Deixar ir
Amar
 
*
 

Neusa Doretto —

 
OUTRO OLHAR
 
”Não sei escrever sobre cuidar; pelo tanto vivido o cuidado é permanente sinal amarelo.
Menos exaustivo é o sinal vermelho e não seguir adiante, ficar parado.
Ou sair em disparada quando o sinal é verde.
Toda vez que é preciso cuidar, é como se eu me desdobrasse.
Então,não vamos a fundo : cuidamos o tempo todo.
Vamos descansar ? ‘”
 

4 Comentários em “11 Poemas Sobre Cuidar | Vozes da TAUP”

  • Taciana

    diz:

    Que trabalho lindo! Parabéns a todos.
    Cuidar é a maneira mais pura de demostrar amor.

  • Flavia Ferrari

    diz:

    Que alegria compor poeticamente com este grupo tão especial!

  • Rozana Gastaldi Cominal

    diz:

    Realmente o grupo é inspirador! ❤️

  • Um ótimo trabalho em equipe aqui… A de3dicação da Jéssica é animadora!!!!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.