Re#578 Hortência Siebra – Copas | Poesia Geopolítica Ambiental

Poema de Hortência Siebra – Copas, presente na nossa antologia Chorando Pela Natureza: Poesia Geopolítica Ambiental. Leia de Graça.

 

►► Espalhe poesia. Apoie o nosso projeto e cresça junto!

https://apoia.se/tomaaiumpoema


Hortência Siebra – Copas

 

Planejo os dias

Como quem senta no chão

A montar um castelo de cartas:

Concentrada, com delicadeza,

Com cuidado.

A persistência de quem recomeça

E insistentemente teima.

Contra mim, a imprecisão da mão.

A força. A firmeza. A rudeza.

E as tempestades,

Camufladas de brisa,

Desfazendo o cabelo.

 

Planejo os dias

Como quem monta castelos de cartas.

E, independente do esforço,

Eles sempre vêm ao chão.

 

Use #tomaaiumpoema

Siga @tomaaiumpoema

_________________________________

Poema: Copas

Poeta: Hortência Siebra

Voz: Jéssica Iancoski | @euiancoski


A poesia dominará o mundo!

Siga O Toma Aí Um Poema no Instagram

@tomaaiumpoema

Pela vida, nos ajude a espalhar mais poesia!

FAÇA UM PIX DE QUALQUER VALOR <3

[email protected]

ou CNPJ 33.066.546/0001-02

Até mesmo um real nos ajuda a manter o projeto

 

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.